https://public-rf-upload.minhawebradio.net/228110/slider/95a0f2730e154b0dcb6d8b8e264934e7.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/228110/slider/c2e64f4ac9554d48334e6e1760731958.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/228110/slider/b8266efeaa21df4a4a6055a6af92056a.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/228110/slider/0cb86592e07ff91ddcc41cf7851301b2.jpg
José Mota: "O F. C. Porto teve sempre muito mais bola"
06/11/2022 09:14 em Desporto

O treinador do Paços de Ferreira lamentou, este sábado, o golo madrugador sofrido diante do F. C. Porto, vincando que o tento condicionou a estratégia dos castores.

"O golo condicionou toda a estratégia que tínhamos trabalhado para o jogo. A nossa estratégia passava por ter uma forte solidez em termos defensivos e, depois, organizados, tentarmos aproximar-nos da baliza do F. C. Porto. Entrámos bem mas, logo no primeiro lance ofensivo do F. C. Porto, concedemos um golo e, a partir daí, surge o sentimento de desânimo e de que a estratégia ruiu.

Mas isso não aconteceu porque entretanto tivemos uma excelente oportunidade de empatar o jogo e, quando estas situações acontecem de forma sistemática, desmotiva uma equipa que precisa de pontos. Além de sofrermos o golo, não marcámos naquela oportunidade e, depois, as coisas acontecem de forma natural. Poderíamos e deveríamos ter sido muito mais agressivos na nossa organização defensiva.

O F. C. Porto teve sempre muito mais bola e foi mais acutilante em termos ofensivos. No momento defensivo não tivemos arte e engenho para tornar as coisas mais simples. 3-0 ao intervalo era um resultado pesado para o que se estava a desenrola", começou por dizer José Mota, explicando as mudanças ao intervalo.

"Alterei a linha de três defesas para quatro, os jogadores estão mais habituados, mas vamos continuar a trabalhar sobre os vários sistemas. Na posição em que estamos, temos de sofrer muito menos golos e ser mais fortes em termos defensivos. Só assim podemos vencer jogos, que é o que pretendemos. Mas essas alterações também se deveram a alguns problemas físicos. Tentámos colmatar esses problemas.

Na segunda parte, tivemos uma boa reação, tentámos chegar perto, os jogadores que entraram, entraram bem, mas o resultado estava feito e jogar aqui no Dragão é sempre extremamente difícil. Parabéns ao F. C. Porto que ganhou. Nós temos de continuar a trabalhar e sentir que temos condições de fazer do Paços aquilo que o clube merece", concluiu.

 

O F. C. Porto goleou (4-0), este sábado, no Estádio do Dragão, o Paços de Ferreira em jogo a contar para a 12.ª jornada da Liga. Evanilson, com um bis, Taremi e Delgado, na própria baliza, marcaram os golos do encontro. Com este triunfo, os dragões sobem provisoriamente ao segundo lugar com 26 pontos, mais um ponto que o Sporting de Braga e a cinco do líder Benfica, equipas que ainda não jogaram, enquanto o Paços de Ferreira continua sem vencer no campeonato e é último com apenas dois pontos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: www.jn.pt

Foto: Lusa

COMENTÁRIOS
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/228110/slider/c2e64f4ac9554d48334e6e1760731958.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/228110/slider/b8266efeaa21df4a4a6055a6af92056a.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/228110/slider/0cb86592e07ff91ddcc41cf7851301b2.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/228110/slider/71e010634102495ff3c2b0d2dfaa5f94.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/228110/slider/cdf8307dad02f6388c7b8cf8b0074c56.png