Sport Clube de Freamunde ataca Divisão de Elite com “contenção”
02/08/2022 10:14 em Desporto

Dez anos após a sua desvinculação do clube, António Sousa, popularmente conhecido como ‘Tonanha’, regressou “a casa” e foi oficialmente apresentado enquanto treinador da equipa sénior da SC Freamunde – SAD, que milita na Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto.

Aos jornalistas, o presidente do emblema e o técnico realçam que a época é de “contenção” orçamental e de “credibilização do clube”, aproximando-o da população freamundense. Para Hernâni Cardoso, dirigente do SC Freamunde, foi essa a razão que levou à contratação de Tonanha para liderar a equipa.

 

Dez anos após a sua desvinculação do clube, António Sousa, popularmente conhecido como ‘Tonanha’, regressou “a casa” e foi oficialmente apresentado enquanto treinador da equipa sénior da SC Freamunde – SAD, que milita na Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto.

Aos jornalistas, o presidente do emblema e o técnico realçam que a época é de “contenção” orçamental e de “credibilização do clube”, aproximando-o da população freamundense. Para Hernâni Cardoso, dirigente do SC Freamunde, foi essa a razão que levou à contratação de Tonanha para liderar a equipa.

“Coube-me um desafio novo de chamar o clube mais à terra do que tínhamos feito até hoje. Contratar o treinador foi um dos passos nesse sentido. (…) Na minha opinião, é a única pessoa que neste momento tem potencial para essa imagem que queremos dar ao clube”, afirmou Hernâni Cardoso.

Durante a sessão, foi frisado, em várias ocasiões, que a próxima época seria de contenção orçamental para o emblema freamundense. “Esta é uma época de contenção, desde o início que dissemos que iria ser uma época de redução de custos. Não há outro caminho, somos um clube amador”, reconheceu o dirigente.

Na sua intervenção, Tonanha afirmou subscrever o pensamento de Hernâni Cardoso, mas assegurou que a palavra “contenção” não vai passar das contas, esperando uma equipa competitiva e com sede de vitórias dentro das quatro linhas.

“Já sabemos que quem veste esta camisola e tem este símbolo ao peito não tem contenção. Chegamos ao domingo e, como a massa adepta exige, queremos sempre ganhar. É esse o ADN do clube, sempre foi”, disse o treinador.

O técnico revelou que já na época anterior existiram conversações para o seu regresso ao SC Freamunde, algo que não se chegou a concretizar. “Mas sabia que era inevitável, ia acabar por acontecer. Chegou a hora, cá estou de corpo e alma, e vamos às vitórias”, afirmou.

Olhando para o lote de equipas na Divisão de Elite, Tonanha espera um campeonato com “um equilíbrio terrível” e equipas “muito compactas e organizadas”, em que, a qualquer momento, “o último pode ganhar ao primeiro”.

A equipa técnica liderada por Tonanha inclui ainda os adjuntos Rui Vingança e Tito Cepeda, assim como o treinador de guarda-redes Carlos Ribeiro.

Nesta segunda-feira realizou-se o seu primeiro treino, momento aberto aos adeptos. Já no sábado de manhã realiza o seu primeiro jogo de treino com o Arões SC.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: www.imediato.pt

COMENTÁRIOS