O onfinamento devido à pandemia da Covid-19 trouxe "um aumento" das compras em plataformas online, o que levou a um género de crime para o qual o Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública deixou um alerta nas redes sociais: as burlas com recurso à aplicação MBWay

Assim, no Facebook, a PSP refere que este tipo de burlas "acontece mais frequentemente em anúncios recentes, em que os contactos dos burlões surgem pouco tempo depois da colocação dos anúncios, de forma a criar grande expetativa nas vítimas".

Em regra, aponta ainda a Autoridade, "os burlões não tentam negociar o preço do produto ou, quando tentam, facilmente aceitam o preço proposto".

Os criminosos, de acordo com os avisos do Comando Metropolitano de Lisboa, "prontamente informam que efetuam pagamento primeiro, antes de receber o produto, criando assim uma falsa segurança nas vítimas", assim como lhes perguntam "se têm a aplicação do banco instalada no telemóvel e se têm MBWay, ou então pedem para se dirigirem a um terminal multibanco"

"A intenção dos burlões é associar o seu número de telemóvel à conta bancária das vítimas, tendo assim livre acesso à mesma para realizar vários levantamentos monetários", denota a força de segurança. Nunca adicione um número de telemóvel que não seja o seu. 

No caso de ter sido vítima de uma destas burlas, "não hesite em denunciar a situação junto das autoridades competentes". 





Fonte: www.noticiasaomiuto.com


Deixe seu Comentário