Os alegados assaltantes têm entre os 18 e 26 anos, não têm atividades profissionais conhecidas e são residentes no Porto e em Vila Nova de Gaia, adiantou a PSP, em comunicado

Os detidos são suspeitos da "prática reiterada e em comunhão de esforços" de roubos de "grande violência" e com recurso a armas brancas e de fogo no Porto, preferencialmente na zona da baixa da cidade, sublinhou.


No decorrer da investigação, que durava há cerca de dois anos, a polícia apurou que, em algumas situações, as vítimas tiveram de receber tratamento hospitalar devido aos ferimentos provocados com as armas brancas, referiu esta força policial.


Na sequência da ação policial, que decorreu na quarta-feira e resultou na detenção destes nove homens, foram realizadas 11 buscas domiciliárias no Porto e em Vila Nova de Gaia.


Neste âmbito, a PSP apreendeu uma espingarda, duas armas de pressão de ar, seis armas brancas, diversas munições, computadores portáteis, telemóveis, peças em ouro, droga e 1.365 euros.


Além disso, a polícia confiscou objetos utilizados nos roubos.
Os detidos vão agora ser presentes junto das autoridades judiciárias.




Fonte: www.noticiasaominuto.com


Deixe seu Comentário