Paulo Meneses, presidente da SDUQ do Paços de Ferreira, reuniu-se ontem com o grupo antes do treino. O dirigente, que começou por felicitar a equipa pela excelente campanha protagonizada até agora e pela recente vitória sobre o Moreirense - à qual não assistiu por afazeres particulares -, entendeu ser necessário tomar a iniciativa, profilática, depois da polémica que envolveu  o avançado João Pedro e o defesa David Sualehe, identificados pelas autoridades numa festa ilegal realizada numa moradia em Ofir que violou as regras de confinamento em vigor no País.


A infração ao regulamento disciplinar dos pacenses pelos dois jogadores, que por razões óbvias se encontram a cumprir um período de isolamento profilático de dez dias, serviu de pretexto para o presidente dos castores sensibilizar os restantes futebolistas para o escrupuloso cumprimento dos seus deveres como profissionais, de forma a não mancharem o nome da instituição na praça pública.






Fonte: www.abola.pt