Um homem com cerca de 50 anos deixou, esta terça-feira, um engenho explosivo no Posto da GNR de Paços de Ferreira. O sujeito encontrou o material em sua casa, que herdou e estava em reconstrução.

O engenho foi detonado ainda durante a manhã, junto à Associação Empresarial de Paços de Ferreira, pela Equipa de Inativação de Explosivos e Segurança em Subsolo da GNR.

Segundo fonte dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira, “foi solicitada a presença dos bombeiros [pela GNR] para acompanhar a ocorrência”.

(Em atualização)
















Fonte: www.imediato.pt