25 anos de cadeia foi a pena aplicada pelo Tribunal de Penafiel a José Pinto, o homem que em fevereiro do ano passado atropelou várias pessoas frente ao Moto Clube de Rebordosa, em Paredes, provocando a morte a dois motards.

A pena máxima foi aplicada pelo Tribunal, que entendeu ter ficado provado que o homem, que conduzia com uma taxa de alcoolemia de 1,85 g/l – agiu por vingança quando, após desentendimentos no interior da sede do Moto Clube, pegou no seu carro e, a alta velocidade – colher várias pessoas que se encontravam no exterior, provocando a morte de duas delas.

Leia mais na edição impressa desta semana.



















Fonte: www.imediato.pt