A Associação Empresarial de Paços de Ferreira (AEPF) anunciou o cancelamento da 54ª edição da Feira Capital do Móvel, que ia acontecer de 1 a 10 de maio no Centro de Congressos da Batalha (distrito de Leiria), como medida de contenção do coronavírus.

“Perante os últimos desenvolvimentos, não nos resta outra opção que não a de suspender a Capital do Móvel e lamentar o incómodo causado a expositores e visitantes”, refere a publicação da AEPF.

No anúncio da 54ª edição da feira, o presidente da associação empresarial, Rui Carneiro, referiu ao IMEDIATO que se esperava aproximadamente o mesmo número de visitantes que no ano passado, quando a feira foi realizada na Alfândega do Porto: 50 mil pessoas.

Agora, o representante dos empresários pacenses referiu que o evento teve de ser cancelado porque se prevê que em maio a pandemia ainda não tenha passado.

Além desta medida, Rui Carneiro também anunciou que a AEPF vai começar a funcionar à porta fechada, de modo “proteger os colaboradores”.

“Estamos todos um pouco perdidos com isto, porque uma coisa é tomar medidas para 15 dias, mas não sabemos quanto tempo esta pandemia vai demorar”, disse.











Fonte: www.imediato.pt