Joaquim Pinto está de saída da comissão política do PSD de Paços de Ferreira. Em final de mandato, o líder não vai recandidatar-se ao cargo e a sua decisão deverá ser anunciada em plenário do partido.

Está praticamente consumada a saída de Joaquim Pinto da liderança do PSD de Paços de Ferreira. O líder concelhio e vereador sem pelouro na Câmara Municipal vai encerrar o ciclo político por questões profissionais e a decisão deverá ser anunciada no plenário do partido, que vai acontecer no próximo dia 28 de fevereiro. Contactado pelo EMISSOR, Joaquim Pinto admitiu que a saída “está a ser ponderada”, mas remeteu-se para uma explicação apenas no dia em que os militantes do partido estiverem reunidos em plenário, que vai decorrer na sede do PSD de Paços de Ferreira.

Joaquim Pinto tem sido o rosto mais visível da oposição na Câmara Municipal e esteve na luta direta com Humberto Brito nas últimas eleições autárquicas. Esta saída irá deixar um ponto de interrogação sobre a sua sucessão para as eleições da comissão política que vão decorrer no próximo dia 21 de março.













Fonte: www.emissor.pt