Um homem de 51 anos, de Felgueiras, foi detido pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel da GNR, por violência doméstica.

Na sequência da investigação, as autoridades apuraram que o agressor “por não aceitar a separação, exercia violência psicológica contra a vítima, sua ex-mulher de 44 anos, proferindo também ameaças de morte e ofensas verbais na presença dos filhos menores”.

A vítima, integrada no Programa de Teleassistência para vítimas de violência doméstica, tinha acionado o equipamento várias vezes, quando se sentia ameaçada e pelo marido e em perigo.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, tendo ficado proibido de contatar a vítima por qualquer forma ou meio com a vítima, controlado por pulseira eletrónica.









Fonte: www.imediato.pt