O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel, hoje, dia 31 de janeiro, deteve um homem com 47 anos, por violência doméstica, no concelho da Paços de Ferreira.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, a GNR apurou que o suspeito, exercia violência psicológica contra a vítima, sua ex-mulher, de 46 anos, movido pelo facto de não aceitar o divórcio, nem o atual relacionamento da vítima, dirigindo injúrias e fazendo perseguições, bem como ameaças de morte à vitima e ao atual companheiro.

O suspeito, que já foi condenado pelo crime de violência doméstica contra a mesma vítima, tendo cumprido dois anos e dois meses de pena suspensa, acompanhado de regime de prova e na pena acessória de proibição de contactos com a vítima, com fiscalização através de pulseira eletrónica, medidas que foram extintas em julho de 2019, foi detido e está a ser presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, para aplicação de medida de coação.